Olá leitores! Fui tagueada pela Natália do blog Apartamento 56 pra responder a Tag Conhecendo o Blogueiro. Vou começar contando 11 coisas e depois vou responder as 11 perguntas da Natália e fazer mais 11 perguntas pra outros blogueiros. Vamos lá?

Contando 11 coisas:
  1. Tenho preguiça e sou feliz,
  2. Quando criança eu odiava cebola, hoje eu amo,
  3. Falo inglês, espanhol e um pouco de italiano (estou estudando),
  4. Tenho que sair de casa de 15 em 15 dias pra fazer algum programa senão enlouqueço,
  5. Sou compradora compulsiva e acumuladora de livros,
  6. Eu odeio limpar a casa,
  7. Tenho o hábito de fazer várias coisas ao mesmo tempo, não consigo fazer uma de cada vez, termino tudo junto ou não termino nada,
  8. Tenho medo de altura (mas ando em montanhas russas), de libélulas e de baratas,
  9. Adoro comer tranqueira, tentei ter uma vida saudável, mas é muito difícil comer direito e acabei desistindo,
  10. Me casei com 16 anos e estou com meu marido até hoje (tenho 32), tivemos dois filhos que são a melhor coisa que já me aconteceu,
  11. Adoro fazer listas!

As 11 perguntas da Natália:

1. Qual a cidade mais especial onde já esteve?

Natal no Rio Grande do Norte. Pude apresentar meus filhos pra minha avó, que já tem mais de 80 anos. Vi o mar mais lindo do mundo, engordei 6 kgs, e voltei de lá com sotaque arrastado e muito mais morena J

2. Um livro que te traz boas recordações?
Harry Potter. Lembro de ficar procurando spoilers antes dos livros serem lançados, de ir no cinema assistir às estreias dos filmes. Lembro que doeu me apaixonar por uma série de livros e não ter dinheiro pra compra-los.

3. Quais as duas pessoas mais especiais para você?
Meus filhos. Não consigo imaginar minha vida sem eles nem por um minuto. Ser mãe é um sentimento muito especial pra mim,  um sentimento inigualável.

4. A música que está escutando agora?
Neste exato momento: Oração – A Banda Mais Bonita da Cidade, letra simples, melodia linda, mas gruda como chiclete, tenho deixado no repeat. 

5. O melhor sabor de pizza?
Quatro queijos. Amooooo! E pensar que eu não gostava de queijo quando era criança. Costumo comer tomando vinho, é uma maravilha!

6. Qual a coisa mais estranha/louca que você tem vontade de fazer?
Colocar uma mochila nas costas e sair pelo mundo, sem rumo. Ainda vou fazer isso!

7. Um filme que não recomendaria?
Não tenho um filme específico, mas tenho um gênero: Comédia pastelão. Sério, não vejo graça. Meu marido adora e vive assistindo, ele ri, eu não consigo, aí ele fica “bravo” comigo e me chama de chata. Acho que sou mesmo chata demais pra esse gênero.

8. Um blog que é sua inspiração?
Indiretas do Bem. Adoro as ilustrações, o jeito descolado das meninas, as fotos lindas que elas postam, os quotes, a página do face, enfim, sou fã de carteirinha, super indico pra todo mundo.

9. Que personagem de livro gostaria de ser?
Gostaria de ser como o Peter Pan, nunca crescer, não ter responsabilidades. Viver pra brincar com os meninos perdidos, ter contato com fadas, seria um sonho!
  
10. Qual é a melhor sensação do mundo?
Fazer xixi quando se está apertado. Não riam, é sério! Pra mim não há melhor sensação no mundo inteiro!

11. O que te faz feliz?
Ter o apoio do meu marido e dos meus filhos pra fazer o que eu quiser da minha vida, ter momentos rodeada das pessoas que eu amo, mas também ter momentos de solidão, pra colocar meus pensamentos em ordem. Receber abraços apertados e beijos estalados, ouvir eu te amo, dormir de conchinha, ver o céu colorido com o nascer do sol, ouvir o bom e velho rock, ler, ler, ler, viajar, o friozinho de São Paulo, dar risada até doer a barriga, dormir com barulho de chuva, ter um dia de cabelo bom, mas acima de tudo isso, é me reconhecer na pessoa que eu vejo quando olho no espelho.

Minhas 11 perguntas (tem que justificar!):

  1. Qual o seu gênero literário preferido?
  2. Como você imagina a sua vida daqui 10 anos?
  3. Qual o seu maior sonho?
  4. Qual a maior mentira que você já contou?
  5. Séries ou filmes?
  6. Acredita em fantasmas?
  7. Interior ou praia?
  8. Gato ou cachorro?
  9. Pra você, como seria um dia perfeito?
  10. Qual a sua meta de leitura desse ano?
  11. Se pudesse tornar um personagem real, qual seria?



Indico pra responder essa TAG :

A Dayane do blog Letras Eternas, A Thamires do blog De Tudo Um Pouco, A Gabi do blog Hopeless, a Rayane do blog A Universitária e a Juh do blog da Juh Claro.

Categorias:



Semana passada, eu mostrei pra vocês um dos livrinhos da Coleção Itaú 2014, hoje vou mostrar o segundo  Papai! do Phillipe Corentin.

O livro aborda o medo que as crianças tem de dormir sozinhas, imaginando monstros embaixo da cama. Mas e se o monstrinho que te mete tanto medo, também tivesse medo de você? E se ele também tivesse uma mamãe que o acalenta e um papai que dá um beijo de boa noite antes de dormir?

Seria muito estranho se na verdade o monstrinho fosse você?






O livrinho é repleto de ilustrações do próprio autor, e narra de forma divertida como podemos parecer diferentes aos olhos de outra pessoa.

Os parágrafos são curtos e a leitura é super rápida. è uma boa história pra se contar antes de dormir :)


Para ver as coleções antigas e outras dicas para leitores mirins, é só clicar aqui.




As vezes me pego pensando se toda blogueira é maluca por organização como eu sou. Antes de preparar qualquer resenha, eu costumo anotar todas as informações possíveis sobre a história numa cadernetinha que levo sempre comigo. Tenho planilhas de postagem e programação de posts, tenho um controle de livros lidos onde somo as páginas lidas por mês e por ano, no esquema do paginômetro do Skoob. Tenho um controle das filas de leitura, o que é meu, o que é ebook e o que é emprestado. Tenho uma TBR onde eu sorteio livros todo mês, enfim, a pessoa aqui é meio maluca!




Fora que sempre que eu termino uma leitura nova, corro pro Skoob pra marcar como lido e mal vejo a hora que preencher o Moleskine com as informações da minha última leitura.





É uma maluquice boa, gostosa de ter. Tudo o que é relacionado a livros me encanta, acho que por causa disso desenvolvi tantas manias.

Você tem alguma mania literária?



Um garoto de sete anos de idade vê sua vida mudar quando sua mãe decide alugar o seu quarto para ajudar no orçamento de casa. O inquilino é um minerador de Opala, e como se já não bastasse ocupar o quarto do garoto, ele acaba matando atropelado o gatinho dele.

Quando o carro da família é encontrado no fim da estrada, o garoto vai com seu pai para trazê-lo de volta e acaba se deparando com um cenário assustador. O minerador de Opala se suicidou dentro do carro, e seu corpo jazia no banco, em cima da revistinha do menino.

Para que o menino não visse a remoção do corpo e ficasse mais impressionado, Lettie, uma garota de 11 anos que morava próximo, na fazenda Hempstock, o leva para sua casa.

Ao dar uma volta pela fazendo com Lettie, o garoto percebe que as mulheres Hempstock são mais do que aparentam. Elas sabem de coisas que ninguém mais sabe, e a fazenda parece uma espécie de dimensão paralela, com o seu próprio Oceano particular (que na verdade é um lago).

Lettie, na sua ingenuidade de criança, tenta mandar de volta o mau despertado com a morte do minerador de Opala, mas o garoto acaba sendo “contaminado” por esse mal, e ao sair da fazenda, ele leva o ser com ele para o mundo real, causando uma situação descontrolada, onde sua família e todos à sua volta acabam sendo manipulados  da pior forma possível. Ele agora terá que voltar à fazenda Hempstock e pedir a ajuda das mulheres misteriosas para desfazer todas as ações do ser inominável.

Esse foi o meu primeiro livro do Neil Gaiman e posso dizer eu lerei outros dele com toda certeza. A história é de uma singeleza e uma doçura tremenda. Me emocionei e torci pelo garoto que não tem nome, fiquei curiosa para saber de quem foi o falecimento no início da história (acho que foi um dos pais), e me identifiquei com a história quando li sobre a paixão do garoto por livros e sua solidão.

O livro é singelo e lindo, fala de amizade e da tênua linha que separa a realidade da fantasia na cabeça das crianças. Como é curtinho, dá pra ler em apenas um dia, e o sentimento que fica depois do término é de saudades.






Resenha do Mês de Janeiro do Desafio do Tigre. Tema: Pra Ler Antes de Dormir. Para saber mais sobre o Desafio, basta dar uma olhadinha neste post aqui ou acessar a página do DL no facebook.